Sábado, 26 de Janeiro de 2008

Volta ao Mundo

Hoje de manhã dei a volta ao mundo. Vi o que se passava na Europa, nas Américas, na Ásia, só não fui a África, mas hei-de lá ir. É engraçado ver o mundo pelos olhos de outros que andam pelo mundo fora à descoberta daquilo que não conhecem ou que conhecem pouco. É curioso ler e tentar sentir e viver o que outros como eu partiram para o desconhecido e que relatam com tanta intensidade o que sentem e o que observam. Deixam-nos com água na boca e com sede de conhecimento, com vontade de percorrer este mundo que tem tanto para se ver.
Acredito que os aromas e as sensações são todas diferentes, porque cada lugar e cada pessoa são também diferentes, mas a emoção de se descobrir o que não se conhece creio que deva ser igual.
As fotografias que todos tiramos apenas podem documentar uma pequena parte. Pelos textos consigo perceber o que nos une, a todos que estamos neste programa, que felizmente alguém inventou: a aventura e a vontade de viajar que cada dia se torna mais intensa. E damos por nós a fazer planos para viagens que havemos de realizar no ano que vem, daí a 2 anos, todos os anos que nos faltam viver, assim haja disponibilidade e verba para sustentar este, que de certeza se vai tornar um vício. Quanto mais se viaja e descobre, mais se quer conhecer. E há-de chegar a um ponto em que tudo o que é europeu e que à partida é o pólo de atracção inicial de viagens turísticas, deixa de o ser, para começarmos a pensar em destinos tão ou mais exóticos como a China, Índia…
Porque os caminhos de terra que teimamos em percorrer podem tornar-se muito longos, não basta circunscrevermo-nos ao que vemos e ouvimos todos os dias que passamos em Portugal, porque o que interessa é ver e sentir, para depois poder falar e fazer. Importa ressaltar que o bom de termos uma terra tão grande, são todas as suas especificidades, tudo e todos que a compõem e que fazem deste planeta, deste bocado de universo, algo tão diferente e tão igual, que nos faz viajar nem que seja pela internet, pelos olhos e palavras de quem não conhecemos ou de quem conhecemos tão pouco.
Ao mundo, nada temos para dizer, o mundo a nós tudo tem para contar.
música: Here it goes again - Ok Go
publicado por spacecowboy às 02:32
link do post | comentar | favorito
|

.sobre mim

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30

.posts recentes

. T 3 !!!!!!!!!!!!!

. IV Festival da Sardinha B...

. E PLURIBUS UNUM

. Habemus Campione!!!!

. da Zambujeira do Mar

. IV Festival da Sardinha B...

. Ser Benfica

. Alegria

. stylo

. Moscatélico Roxo

. Peniche

. a lei do mais forte

. surround me

. |dis|equilibrium

. Pearl Jam - Just Breathe

. signs

. teorias

. entre livros...

. Feliz Natal

. kalashnikeijo

. Escaroupim

. Vai-se Andando no Casino ...

. já está!

. words

. entre livros...

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.visitas

online

.links

.tags

. todas as tags

.pesquisar

.travelling

.space


contador gratis
blogs SAPO

.subscrever feeds